Add
A Mineira e o Gaúcho (Letra)
Compositor: Zé Do Rancho
Venho vindo do Rio Grande
Alguém mandou me chamar
Pra cantar com uma mineira
Que quer me desafiar

Agora que estou vendo
Que meu tempo foi perdido
Ela não vai dar no couro
É melhor chamá o marido

Gaúcho tome cuidado
No seu modo de falar
E saiba que a educação
Cabe em qualquer lugar

Não preciso de marido
Porque sou bem decidida
Dos versos que vou fazer
Você não vai ter saída

Sou gaúcho trovador
Campeão do meu estado
Não encontrei cantador
Que aguentasse o repuxado

Portanto você, mineira
Pra mim vai ser muito fraca
Mulherzinha do teu porte
Ponho dentro da guaiaca

Você já disse uma asneira
Se gaúcho de uma figa
Não deve vestir guaiaca
Que aperte a sua barriga

E não parece gordura
Você deve estar inchado
De tanto encher o caco
Pra dar conta do recado

Eu não preciso beber
Pra cantar um improviso
Além disso ou um homem
Que tenho muito juízo

E você já não me engana
Mineirinha do pagode
Você para ser um homem
Só está faltando o bigode

Eu quero todo respeito
Oh! gaúcho malcriado
Se seu verso é de improviso
Seja então mais moderado

Estou vendo pelo modo
Que você não tem cultura
Pra ser um perfeito burro
Falta só a ferradura

Eu sinto muito, colega
Mas você é bem grosseira
Nem parece pertencer
À linda terra mineira

Não encontrei fundamento
Em sua comparação
Pra mim parecer um burro
Tinha que ser teu irmão

Tome cuidado, gaúcho
Respeite a minha família
Pode fazer os seus versos
Mas que não saia da trilha

Se te falta competência
Até pra se defender
Você não deve ser homem
E mulher não pode ser

Você é bem corajosa
Mas só faz é assustar mais
Fique sabendo, mineira
Que fui criado sem pai

O mundo foi minha escola
Coisas boas aprendi
Portando o que vem de baixo
Não pode me atingir

Lamento a sua desdita
Amigo competidor
Se viveu só nesse mundo
Deve ter sofrido horror

Mas já que o que vem de baixo
Não atinge o companheiro
Por favor, faça uma prova
Vá sentar no formigueiro

Prezada amiga, agradeço
A sua compreensão
Somente agora percebo
Que tem um bom coração

Por tudo que eu lhe disse
Você vai me desculpar
E a prova do formigueiro
Deixo pro tamanduá

Termino aqui esta prova
Do gaúcho e a mineira
As ofensas que fizemos
Foram só por brincadeira

Vai um abraço pra Minas
Para o Rio Grande também
São dois estados irmãos
Que se querem muito bem
Informações

da Música (A Mineira e o Gaúcho)

Editar Informações

Comentários A Mineira e o Gaúcho

  • Comentar
      Foto do Álbum