Saudade Traiçoeira (Letra)
Compositor: Zé Do Rancho
Quanta saudade da cidadezinha
Da velha casinha onde eu fui criança
Por que será que a gente envelhece
E isso permanece em nossas lembranças?

O tempo vai passando de repente
Deixando na gente as marcas da idade
E ao sentir a vida no declive
Não há quem não vive cheio de saudade

Ai, saudade traiçoeira
Velha companheira dos meus tristes ais
Ai, infância querida
Tempo bom da vida que não volta mais

Ao ver no rosto as rugas nascendo
Aos poucos morrendo vão as ilusões
Então começa a voltar do passado
O amontoado de recordações

Dias felizes dos tempos de antes
Que estão distantes na estrada da vida
Nos enche a alma de melancolia
Ao pensar no dia da nossa partida

Ai, saudade traiçoeira
Velha companheira dos meus tristes ais
Ai, infância querida
Tempo bom da vida que não volta mais
Informações

da Música (Saudade Traiçoeira)

Editar Informações

Comentários Saudade Traiçoeira

  • Comentar
      Foto do Álbum