Banquete De Signos (Letra)
Compositor: inserir

Discutir o cangaço com liberdade
É saber da viola da violência
Descobrir nos cabelos inocência
É saber da fatal fertilidade

Descobrir a cidade na natureza
Descobrir a beleza dessa mulher
Descobrir o que der boniteza
Na peleja do homem que vier
Quando vier

Descobrir no bagaço dos engenhos
No melaço da cana mais um beijo
Descobrir os desejos que não tem cura
saracura do brejo na novena

Descobrir a serena da natureza
Descobrir a beleza dessa mulher
Descobrir o que der boniteza
Na peleja do homem que vier
Quando vier
Quando vier
Quando vier

Descobrir no bagaço dos engenhos
No melaço da cana mais um beijo
Descobrir os desejos que não tem cura
Saracura do brejo na novena

Descobrir a serena da natureza
Descobrir a beleza dessa mulher
Descobrir o que der boniteza
Na peleja do homem que vier quando vier
Quando vier
Quando vier

Informações

da Música (Banquete De Signos)

Editar Informações

Comentários Banquete De Signos

  • Comentar

    Álbuns com a música: Banquete De Signos

    • Banquete De Signos - O Grande Encontro - Volume 2
    • Banquete De Signos - Zé Ramalho em Foco
    • Banquete De Signos - Força verde
    • Banquete De Signos - Ao Vivo
      Foto do Álbum