Minha Vida (Letra)
Compositor: inserir
Eu cresci no interior
No meio do mato
Eu vivia assim
Acordava bem cedinho
Com os passarinhos cantando pra mim

Logo eu me levantava
Vida de menino era de brincar
Jogo de bola de gude
Peão e botoque era sem parar

Quanta saudade que sinto
Das tardes que ia pra escola estudar
Aprender tudo aquilo
Que um dia o mundo iria mostrar

Quando voltava pra casa
A minha mãezinha estava a me esperar
Passava a mão em meu cabelo
E me alimentava sempre a me cuidar

Hoje, depois de alguns anos
Aqui na cidade me pego a lembrar
De tudo que já passei
De tanta saudade começo a chorar

Sei que a vida não para
Que a vida não volta
Eu tenho que seguir
Mas se eu pudesse eu voltava
Pra viver de novo tudo que vivi

Foram todas essas coisas
Que me deram forças para prosseguir
Trago esses ensinamentos
Como o rumo norte do meu ir e vir

Hoje passo ao meu filho
Isso que um dia meu pai me ensinou
Sou pai, amigo e companheiro
O maior parceiro ele sabe que sou

E assim, eu sigo em frente
Semeando a esperança no meu caminhar
Vez enquanto volto lá
Rever minha terra, é bom relembrar

Pois é mais feliz um homem
Que olha pra trás e pode se orgulhar
Fiz desses ensinamentos meu rumo, meu norte
E vivo a cantar

Hoje, depois de alguns anos
Aqui na cidade me pego a lembrar
De tudo que já passei
De tanta saudade começo a chorar

Sei que a vida não para
Que a vida não volta
Eu tenho que seguir
Mas se eu pudesse eu voltava
Pra viver de novo tudo que vivi
Informações

da Música (Minha Vida )

Editar Informações

Comentários Minha Vida

  • Comentar
      Foto do Álbum